Lar do Idoso de Jundiaí

Centro Espirita Idoso

História da Entidade

A história de construção do Lar do Idoso de Jundiaí surgiu no mês de abril de 2005, em reunião na sede do Centro Espírita Fraternidade, ano em que essa Instituição completava 100 anos de existência. Um grupo de voluntários, trabalhadores do Fraternidade, recebeu a visita do Sr. Jair Malinverni, grande incentivador de projetos sociais voltados a pessoas idosas.

Iniciava-se então, a materialização de um velho sonho, há muito cultivado pelos trabalhadores

dessa Casa: a construção do Lar do Idoso de Jundiaí, o que possibilitava o resgate histórico de um antigo serviço da entidade, o Albergue Allan Kardec, que, fundado em 1945, fora desativado na década de 70, em razão do surgimento do S.O.S. Serviço de Obras Sociais de Jundiaí, também destinado a abrigar migrantes e moradores de rua.

O novo projeto, em consonância com a nova realidade social, direcionou seu foco para o segmento populacional de idosos, tendo sempre como critério principal, o atendimento prioritário a cidadãos carentes e em situação de dependência física.

Em 23 de novembro de 2005, dia em que o Centro Espírita Fraternidade completava o seu centenário, durante a cerimônia de celebração de seu aniversário, foi lançado publicamente, o projeto do Lar do Idoso de Jundiaí.

Em janeiro de 2006, em Assembleia Geral, foi constituída a Associação Lar do Idoso de Jundiaí, com eleição do seu primeiro Conselho Deliberativo, Diretoria e Conselho Fiscal, com Registro Público de número 00058814, no Cartório do Primeiro Ofício de Registro de Pessoas Jurídicas de Jundiaí. Em seguida obteve-se perante a Receita Federal, o CNPJ de número 08.509.647/0001-55.

Em maio desse mesmo ano, passou a ter representatividade no Conselho Municipal do Idoso de Jundiaí.

A partir de então iniciaram-se os eventos e atividades com o objetivo de arrecadar recursos financeiros para a aquisição de um terreno para sua construção.

Em 22 de maio de 2007, em sessão ordinária da Câmara Municipal de Jundiaí, por unanimidade dos seus vereadores, foi promulgada a Lei número 6.841, de 13 de junho de 2007 que declarou a Associação Lar do Idoso de Jundiaí, de Utilidade Pública Municipal.

Pleiteou e, em 30 de abril de 2009, obteve o Certificado de Inscrição no Conselho Municipal de Assistência Social-CMAS, de Jundiaí, sob número 10089.

Ao longo de seus cinco anos de existência, a grande luta do Lar do Idoso de Jundiaí gira em torno da aquisição de um terreno que ofereça condições para a construção de suas instalações. No momento a entidade encontra-se aguardando a edição de um Projeto de Lei, objetivando a concessão de um terreno pertencente a Prefeitura Municipal de Jundiaí.